A diretoria do Sinproep-DF foi recebida em audiência pelo Procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho da 10ª Região, Dr. Alessandro Santos de Miranda. O encontro serviu para o sindicato solicitar do MPT, a formação de uma Força Tarefa para discutir os sérios problemas de ordem trabalhistas existentes no setor do ensino privado no Distrito Federal. O apelo da diretoria do Sinproep-DF ao Dr. Alessandro, foi no sentido de o MPT pudesse liderar essa Força Tarefa que envolvessem diversos órgãos de governo, como o MEC, a Receita Federal do Brasil, a Secretária de Estado da Educação do DF, a Superintendência Regional do Trabalho, para que se pudesse discutir os problemas relacionados com atrasos de verbas salariais, não recolhimento de tributos como INSS, FGTS, que hoje são recorrentes em um número expressivos de instituições de ensino do Distrito Federal.

A proposta do Sinproep-DF teve boa acolhida por parte do Procurador-chefe do MPT e solicitou ao sindicato que encaminhasse uma proposta de agenda elencando os problemas, para que seja estabelecido um cronograma de audiências no sentido de buscar soluções viáveis, a médio prazo, para os problemas levantados.

Participaram da audiência representando o Sinproep-DF, a presidente Professora Karina Barbosa, o diretor jurídico, Rodrigo de Paula, o diretor de comunicação, Trajano Jardim e chefe do departamento jurídico, Dr. Eduardo.